Por que eu amo Honolulu

Esta semana, esbarrei em diversos links que afirmam, reafirmam, confirmam e auto-afirmam como a cidade de Honolulu, na ilha de Oahu, é super-hiper-ultra-über-legal. Compartilho aqui pros que querem se inspirar a vir me visitar um dia. Aconselho muito – mas sou suspeita, claro. 🙂

O primeiro link veio das peripécias de canyoning de um grupo pequeno de aventureiros pelas montanhas do Ko’olau (que circunda Honolulu) e de Waianae. Fotos sensacionais de cachoeiras permanentes e temporárias exploradas de uma maneira totalmente diferente, nas trilhas mais absurdas e escondidas da ilha, podem ser vistas no post do Unreal Hawaii, com fotos do Kitt Turner. Sensacional é pouco.

O segundo link veio da National Geographic Traveler, que fez uma galeria de fotos de Honolulu muito cativante, com diversos passeios, lugares e atividades que empolgam na cidade. Muita coisa turística, como tomar maitais no Duke’s, mas uma das fotos mostra a vista da Tantalus Drive, meu mirante predileto em Oahu – e que recentemente ganhou um balanço fofíssimo do projeto urbano-artístico #OahuSwingProject. (Veja fotos dos balancinhos aqui.) O projeto, organizado pelo ArtTruckHawaii, espalhou balanços por diversos pontos da ilha de Oahu, e pistas para as pessoas acharem os mesmos. Clima de gincana com paisagem de cinema. <3

O terceiro link – e mais suspeito… – veio da revista Honolulu Magazine (ahá!), que fez uma lista – dessas que a gente a-do-r-a discordar e discutir e acrescentar outros itens – das razões pelas quais a gente, que mora aqui, AMA Honolulu. Eu amei o #12: “Because no shirts, no shoes, no problem”, uma filosofia de vida e felicidade para mim.

E sério, baseado neste último link, resolvi incluir mais uns itens nessa lista – ou melhor dizendo, fazer a minha própria lista: por que eu amo Honolulu.

(P.S.: Essa é uma lista poliana. Claro que a cidade tem problemas também, e eu serei a primeira a apontá-los sem dó nem piedade. Mas hoje só vou listar as coisas boas, ok? A parte complicada da história fica pra outro dia…)

**************************

AmoHonolulu1

Honolulu vista do Tantalus Drive.

 

POR QUE EU AMO HONOLULU

1. Porque fica numa ilha (#islomaniacfeelings), e o mar ao redor está sempre aberto a atividades diversas, e a qualquer dia e hora, posso pegar meu snorkel e ir ver peixes coloridos, ou águas-vivas, ou tubarões, sem preocupações com visibilidade na água. Fora as tartarugas, que estão quase sempre presentes… Fora os naufrágios a menos de 5 minutos da costa

2. Porque em um snorkel corriqueiro num recife de coral eu vejo mais diversidade de peixes que em muitos lugares do planeta.

AmoHonolulu5

3. A cidade é uma metrópole, tem tudo que você precisa de uma cidade grande, mas tem a vibe de cidade pequena de praia – todo mundo sorrindo pra você, te cumprimentando e conversando como se conhecessem há gerações. Aliás, as pessoas são simpáticas e prestativas – pelo menos, nunca tive do que reclamar.

4. A cidade é atlética por natureza. Vá às 5 da tarde em Ala Moana Park ou Kapiolani Park e confira todo mundo correndo, jogando bola ou se exercitando. Ou então, olhe para a água e veja o número de surfistas, SUP’istas, canoístas e outros istas não-artistas. Todo dia, chova ou faça sol. É animador, todo mundo praticando atividades outdoor, já fico com vontade imediata de fazer exercício.

AmoHonolulu9

5. As pessoas são simpáticas. Muito. E solidárias. Sempre sorridentes, vão além do possível para te agradar. A mistura populacional de japoneses super-educados, filipinos improvisadores, polinésios desencanados e amantes da natureza, portugueses musicais, e americanos eficientes gerou esse melting pot que a gente vê nas ruas. As pessoas que moram aqui são muito tranquilas, o bom humor predomina e tudo é muito relax. Aloha spirit total.

6. A possibilidade de ver uma foca-monge havaiana é alta – outro dia mesmo estava em Sandy Beach tomando sol e nem percebi que uma estava na areia. Quando levantei pra ir na água, levei o maior susto com o mamífero jogado na areia descansando! Como bióloga, ver bichos ameaçados de extinção assim, tão facilmente, me enchem o coração de amor. <3

7. …e às vezes é a foca quem tropeça em você.

AmoHonolulu8

8. Chinelos everywhere. Só ando de chinelo. Como tenho que trabalhar de sapato fechado, deixo um par de tênis no trabalho – assim como a maioria dos meus colegas de trabalho também fazem. Mas já saio do lab de chinelo. Tenho chinelo de praia, chinelo de festa, chinelo de trabalho, chinelo de dar uma volta domingo à tarde, chinelo da night… sempre chinelo. Adoro!

9. Os fogos do Aloha Friday, toda sexta-feira às 7:45pm, pra indicar o início do fim de semana. Me sinto morando na Disney, com o plus da praia.

10. Os piqueniques em Magic Island pra ver os fogos do Aloha Friday, ou aos domingos, para curtir o dia na praia.

11. Porque até alerta de tsunami vira festa com violão.

12. Poke, poke, poke. Melhor modo de comer peixe. Ever. (Barato. Informal. Imbatível.)

AmoHonolulu10

13. Dirigindo com aloha: apesar de sempre ter um ser do limbo que não seja paciente, em geral dirigir no Hawaii é muito tranquilo, porque os motoristas tendem a ser educados e pacientes, cedendo o lugar e a vez pro seu carro. E, para agradecer, ainda fazem o shaka (que a gente chama de hang loose).

AmoHonolulu11

14. A língua havaiana misturada do dia-a-dia. Pau hana com pupus. Ser akamai. Descontos para kama’aina. Por favor, kokua com os keikis e os kupunas. Moro mauka. O laboratório fica makai. Mahalo. A hui hou. Tudo lindo – ou melhor, tudo aloha.

15. Kaka’ako, o bairro onde trabalho e que promete ser a sensação de Honolulu daqui a uns 5 anos (os planos são bem ambiciosos), hoje é uma galeria de grafite a céu aberto, com os artistas havaianos soltando a criatividade, e restaurantes estrelados que começam a pipocar. Adoro essa atmosfera de mudança positiva.

AmoHonolulu3

16. Ar limpo. Estar no meio do Pacífico, longe dos grandes focos geradores de poluição e com uma densidade urbana relativamente pequena, colabora para que o Havaí tenha uma ótima qualidade de ar comparado com a maior parte das cidades do mundo. Apenas nos dias de vog (1 vez por mês, mais ou menos), a cidade fica um pouco menos respirável – mas eu até relevo, porque sei que o vog é a indicação de que temos um vulcão ativo ali pertinho, a uma hora de vôo… (#lavajunkie). Mas em geral, a clareza ríspida com que vemos o horizonte é, para mim, um ótimo sinal de saúde. Para uma asmática como eu, isso sim é o paraíso. [respira fundo]

17. Estacionamento de prancha de surfe no meio da rua, que outro lugar do mundo tem? E prédios que anunciam: “2 vagas para carros na garagem e 2 vagas de prancha”?

AmoHonolulu4

18. Cansei da urbanidade nagô? Então dirijo 15-30 minutos e escolho uma praia “deserta” preferida do dia, pra leste ou pra oeste. Ou pro norte.

19. Cansei do clima hippie-surf-chinelo havaiana-woodstock? Quero me sentir numa urbe de verdade? Vou ver o jazz no The Dragon Upstairs ou no Jazz Minds Art & Café. Ou ver um concerto da Hawaii Symphony Orchestra no Blaisdell Center. Ou uma peça no Hawaii Theatre. Ou visitar as galerias de arte do downtown. Ou visitar o Honolulu Museum of Art, com sua coleção notável de arte asiática – e sua filial no Tantalus, o Spalding House, com arte contemporânea. Ou comer numa das dezenas de restaurantes estrelados. Ou (para quem gosta) fazer compras nas lojas badaladas de sempre. A cidade não é uma NY ou Londres, claro, mas tem bastante pra se entreter se você não curte o estilo outdoor.

20. Cansei do clima praia, mas não quero voltar pra cidade, quero continuar em contato com a natureza? Vou ali então fazer uma caminhada pelo Manoa Falls. Uma trilha no meio da floresta que termina numa cachoeira. Ah!

21. Tantalus Drive, uma floresta tropical bem grande dentro da cidade na encosta de um morro, com vista pro mar. Onde podemos respirar o verde e sentir o friozinho de mais cachoeiras. E nós cariocas achando que éramos os únicos com esse privilégio…

22. Free wifi. Na cidade. Graças aos diversos hot zones espalhados pela prefeitura no projeto Kokua. Em 2011, a cidade foi eleita a mais digital dos EUA.

AmoHonolulu2

23. Os diferentes pontos para se ver o pôr-do-sol, todos lindos e de emocionar. Ala Moana. Diamond Head Lighthouse. Magic Island. Hawaii Kai. Kewalo Park. Waikiki. Kaimana Beach. Punchbowl Crater. Tantalus Park. Top of Waikiki. Ala Wai Harbor. Kuhio Beach. Ko’olina. Kaena point. Duke’s tomando maitai. Escolha o seu e se embasbaque.

24. Ah, e se o horizonte estiver limpo, sem nuvens e sem poluição, a chance de ver no momento do pôr-do-sol o green flash, raro fenômeno óptico, é maior. O Hawaii é um dos melhores lugares do mundo para se ver o green flash.

AmoHonolulu6

25. Falando de fenômenos ópticos… arco-íris. De novembro a março, praticamente todos os dias; no resto do ano sempre que chove fino. E como chove quase todo dia nos vales, essa garoinha deliciosa gostosa com um sol lindo, é só olhar pras montanhas e eis os arco-íris. Singles, duplos e já vi um triplo. Totalmente emocionante. É o estado do arco-íris, e o desenho está inclusive nas placas dos carros por ser tão comum de se ver.

26. “Eu moro onde você passa férias” é um bom lema para se escolher uma cidade para viver, pelo menos para mim. É uma sensação deliciosa andar pelas ruas e ver as pessoas curtindo a cidade, sempre de bom humor e encantadas, um clima leve e sorridente no ar. E eu adoro brincar de turista, ir nos points onde eles estão, interagir com as pessoas. Então, fica aquela sensação como se eu estivesse também de férias, e cada vez que vou a Waikiki ou a Hanauma Bay dou uma descansada extra nos neurônios.

AmoHonolulu7

****************************

Eu poderia ficar aqui listando mais uns 100 motivos pelo menos, mas vou só cansar todo mundo e ser ainda mais malla. 😀

Então deixo o desafio: QUAL O SEU MOTIVO PARA AMAR HONOLULU? 

Tudo de bom sempre.

*************

Ah, a foto da Sexta Sub láááá em cima do post? Sou eu nadando em Waikiki, em frente a Rainbow Tower do Hilton. 🙂

 

  • Amanda Lago

    O Havaí já está na minha wishlist faz tempo. Tem programação para todos os gostos. Quem sabe em janeiro de 2015, pois quero ir quando o mar estiver mais calminho.
    Beijos

    • Janeiro é uma boa época, porque em geral o mar aqui do lado sul e leste está mansinho. Enquanto isso, as ondas gigantes dominam o North Shore. E as baleias no mar… <3 #muitoamor

      • Thiago Gonzalez

        Nossa morei ai por um tempo ainda não era casado, este ano vou visitar com minha esposa a ilha, assim ela vai entender porque quando me aposentar quero voltar pra morar pra Oahu.

        • É um bom plano de aposentadoria, Thiago… mas sou suspeitíssima pra falar, né… 😀

  • Fabyo Tafarelo

    Lucia posso dizer que uma vez que a gente vive o que é o Hawaii, a vontade de voltar e ficar é grande! Ano que vem estaremos por aí novamente! 🙂

  • Boia Paulista

    Oi, Lu. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    • Valeu, Natalie! Sempre uma honra participar da Viajosfera! Obrigada! 🙂

  • Carla Portilho

    Lucia, que saudade incrível esse seu post me deu!!!

    • Ah, saudade só se cura de um jeito, Carla: voltando logo! 😀

      • Carla Portilho

        Sem dúvida!

  • Luciana Costas

    Nossa, estive aí ano passado e o seu blog foi meu guia de bolso. Muitas saudades!!!! Foi a primeira vez que tive uma invejinha dos moradores. O Hawaii é o lugar mais incrível que já conheci! Kauai foi a minha ilha favorita, mas amei Oahu tb.

    • Fico feliz em saber que o roteiro do meu blog te ajudou, Luciana! Obrigada pelo feedback! 🙂

  • Visão Fokka

    Olha só pessoal! Evento sobre espectrometria de massa!

    A cidade de Campinas recebe de 07 a 11 de dezembro o 5º Congresso BrMass.

    O congresso BrMass já recebeu dois palestrantes ilustres: John Feen e Koichi Tanaka, ganhadores do prêmio Nobel de Química de 2002.

    Neste ano o BrMass também terá grandes palestrantes, confira: Dr. Raymond E. March, Dr. Robert B. Cody, Michael Siu, Prof. Facundo M. Fernandez e Prof. Renato Zenobi.

    O evento acontecerá no hotel Royal Palm Plaza, localizado na Av. Royal Palm Plaza, nº 277 – Jd Nova Califórnia – Campinas/SP.

    Para mais informações acesse: http://www.visaofokka.com.br/

    (Fonte: Visão Fokka – 29/11/2013)

  • Cheila Taufemback

    Olá Lucia!! Ahola!! 🙂 O que vc acha da idéia de escrever sobre passar o Natal e Reveillon em Honolulu? beijos

    • Oi Cheila! Infelizmente esse fim de ano foi beeeeem complicado pra mim, super-ocupado. Mas tem um post de Natal aqui no blog, vc viu no índice do Hawaii? E o Ano Novo… ese ano vou passar em Waikiki, e escreverei a experiência pra registrar pro ano que vem. 🙂

  • Fabiola Velozo

    Demais…também quero morar em Honolulu !!

  • Fred

    Olá Lúcia! Estive aí em abril e mandei um relato que foi publicado aqui no seu blog. Li essa matéria que vc publicou e realmente a sensação é de querer voltar logo!
    Essa semana estava na lotérica jogando na mega sena acumulada e encontrei um amigo que me perguntou; “Querendo ficar milionário?”… Respondi: “Não. Querendo morar no Hawaii!” kkkkk largava o emprego e tentava obter as condições legais para morar aí!
    abraços!
    Fred

    • Hahahahaha!!! Fred, claro que lembro de vc! Então, acho que vale a pena vir mais uma vez, não? Fico muito feliz em saber que vc gostou tanto assim das ilhas. Eu sou suspeita pra falar, pq amo esse lugar… 😀 Aloha!

  • Claudio Bogdan

    Olá Lúcia. Estou a caminho deste paraíso!!! Passarei o ano novo em Waikiki, num total de 15 dias pela ilha. Qual é a melhor forma de ir para Maui, já que parece ser um excelente destino junto com Ohaio? PS. seguirei suas dicas de hospedagem de uns meses atrás!!! claudiobogdan@gmail.com facebook/claudiobogdan

    • Oi Claudio, para ir para Maui, o único jeito é de avião. As empresas aéreas que voam para Kahului, Kapalua ou Hana (os 3 aeroportos de lea) são Hawaiian Airlines, Island Air, Mokulele e Pacific Wings. Veja no site destas empresas para comprar sua passagem. Aloha!

  • HUGO

    ESTOU INDO EM MARCO, SERA QUE JA VAI ESTAR VERAO???

  • Ykarus

    Bom dia..irei ao Hawai em abril, sozinho…li em alguns posts que o transporte público em Honolulu é um pouco defasado..os ônibus demoram a passar, nem todos os lugares são servidos por transporte público…não irei alugar carro..como irei me virar por ai?

    • Oi Ykarus, os ônibus em Honolulu são oks, eu não tenho muito do que reclamar. Tem um app que mostra qual é o próximo que vai passar no ponto em que você estiver, e o site da empresa de ônibus (TheBus) tem os horários, que costumam ser bem similares. Se vc não vai alugar carro, ônibus ou bicicleta são as únicas formas de locomoção pra vc… sendo que bike te limita bastante, porque as distâncias podem ser muito grandes.

      • Ykarus

        Obrigado Lucia, mas, sem querer ser abusivo, gostaria de uma outra informação…talvez irei a big island fazer o mergulho com as arraias, e gostaria muito de conhecer o parque dos vulcões….eu irei sozinho,com economias regradas…..há, em Kona, algum tour pago que leve até os vulcões? Pois vi que não há como deslocar pela ilha sem carro….e eu não locarei um…não quero ficar limitado apenas ao mergulho…gostaria de explorar mais a ilha…tem alguma sugestão para me dar? Obrigado pela gentileza

        • Oi Ykarus, te respondi sobre o tour lá no post da lava, ok?

  • Natalia

    Lucia, estou indo em Março e acho que é por aí… adooooro a natureza, mas curto uma ideia urbana aliada!!!

  • alessandra mira medeiros

    Estamos no Hawai!!! Seu blog é demais! Estamis pegando todas as dicas desse paraiso♡♡♡♡

    • Que beleza, Alessandra! Fico feliz que tenham gostado! 🙂

  • Paloma

    Vou fazer intercambio no Havai por dois meses e gostaria de surfar (iniciante, nada de ondas grandes). Mas queria saber se no verão fica totalmente flat, ou no lado sul tem algumas ondas pra inciante?? Vou estar ai em maio, junho e julho.
    Ah, e outra… O inglês dai tem sutaque?? Ou é bom para se aprender?
    Obg!!

    • Olá Paloma, entre maio e julho, as ondas estão do lado sul. Em alguns pontos, elas são mais calmas, pra iniciantes, então fique tranquila que vai aparecer um point pra vc surfar sem problemas.
      O inglês daqui tem bastante sotaque. E o sotaque é diferente de todos os outros dos EUA. Eu acho bonitinho…
      Aloha!

  • Lilian

    Oi, Lucia
    Há algum tempo acompanho seu blog com interesse.
    Eu e meu marido estaremos nos mudando para Honolulu em alguns meses. Estamos em Oahu agora e acabamos de fechar o contrato da casa.
    Tem algum lugar que você recomendaria para quando bater aquela saudade da terrinha/do português?

    Em outra nota, adoraria tomar um café com você um dia!

    Abraço

    • Oi Lilian, o lugar onde vou quando estou com “saudades” do Brasil é no trailler da Cris, lá no North Shore, pra comer coxinha e pastel. Sempre tem um brasileiro por lá pra gente conversar. De vez em quando tem umas reuniões de brasileiros, mas eu raramente vou, por falta de tempo mesmo nos fins de semana.

      Não tem restaurante brasileiro aqui em Oahu, só no Kauai. No mais, eu costumo fazer feijoada em casa de vez em quando…

      Quando quiser, um café é sempre uma pedida! Me escreve no email pra eu te passar mais detalhes: mallablog ARROBA gmail PONTO com.

      Aloha!

      • Lilian

        Obrigada!
        Não vejo a hora da mudança. Vai demorar uns meses por causa do processo de imigração do bichano.
        Nossa intenção é fixar raízes. Friozinho na barriga…
        Entro em contato quando a gente voltar para aí, ok?

        Abração!

        • Fique tranquila, Lilian! Vc vai curtir Honolulu… 🙂

  • mila

    Ola Lucia!!! Estou pretendendo ir para o havaí no proximo ano. Vc poderia me dar uma dica de hotel q nao seja tao caro, e me dizer com qual companhia aerea devo comprar minhas passagens.?

    • Olá Mila, a companhia aérea vai variar de onde você estiver saindo. Se do Brasil, a American e a United fazem as melhores conexões para lá. Há mais de 600 hotéis em Oahu – portanto, opções para todos os preços e gostos. Eu acho o Ala Moana Hotel e o Hyatt Place hotéis não tão caros e bons. Aloha!

  • karily kelly Feijó da Silva

    Olá Lúcia. Seu blog é maravilhosos! Estou planejando ir agora em setembro para Oahu com meu esposo! É uma boa época? Você tem alguma indicação de hotel com preço pára estudante.rsrsrssrs…(razoável). E algum contato d aluguel de carro? Melhor alugar por aqui ou quando chegar ai?
    Muitas perguntas né? Rsrsrss…
    Bj

    • Olá Karily, a hospedagem mais barata da ilha você vai encontrar provavelmente em Waikiki, onde ficam os albergues da juventude e hotéis mais em conta. Procure perto do Ala Wai canal. Aluguel de carro eu aconselho a já vir com ele reservado, mas dá pra alugar aqui tb – só é mais caro… Aloha!

  • Joana Mortari

    Lucia, que delícia ler os seus posts! =D Tenho que confessar que é a primeira vez que “passeio” por aqui. Aliás, o que me trouxe à sua página foi a minha lua de mel! Eu e meu noivo estamos planejando ir para o Hawaii no começo de setembro/2015, logo depois da festa. Essa época é bacana? Teria alguma dica para os recém-casados aqui? Rs… Beijos!!!!

    • Olá Joana! Obrigada pela presença! Setembro é um bom mês, sim. As férias escolares acabam e a ilha fica um pouco mais vazia… Acho que ficar num hotel bem aconchegante é um must numa lua-de-mel, não? Ou um piquenique romântico… aqui tem diversas praias com estrutura pra picnic. Sou suspeita pra flaar porque adoro piqueniques, acho super-romântico…

  • Nathalia

    Oi Lucia, estou indo pro havaí no dia 13 de maio pra passar 20 dias e vou a Oahu, Kauai, Maui e Big Island. Vc poderia me indicar um local confiável e com um preço legal pra eu alugar carro nesses locais?

    • Olá Nathalia, eu sempre sugiro alugar de empresas tradicionais – estilo Alamo, Hertz, Avis, etc. por questões de segurança e de limpeza. Pode ser que você não se preocupe como eu, mas aqui tem muita barata (!!), e certas locadoras locais que utilizamos vinham com carros com algumas destas “danadas”. As locadoras mais tradicionais costumam dar uma limpeza mais “caprichada” nos carros. Espero ter ajudado. Aloha!

  • Fernando Fonseca

    Olá Lucia, tudo bom. Sou Brasileiro e estou com viagem para conhecer o Hawaii em outubro/2015. Irei passar por ai dos dias 19/10 até 23/10 e estou planejando ficar em algum hotel em Waikiki. Gostaria de pedir se possível algumas dicas para você. Sobre estacionamento, percebi que quase todos os hoteis cobram o estacionamento, gostaria de saber se existe outras opções se eu não deixar o carro no estacionamento, por exemplo existe a possibilidade de deixar na rua? A segunda pergunta é sobre Surf, eu surfo aqui no Brasil de SUP em ondas não muito grandes e gostaria de saber se existe praias com ondas menores, para SUP ou Longboards, as ondas que eu costumo surfar são ondas mais gordas, se você puder me dar algumas dicas de praias para eu conhecer e poder surfar com SUP (Devo comprar um SUP ai durante minha viagem e trazer para o Brasil. Aqui eu surf com um SUP 9`.4” X 30 X 4 1/2) e estou pensando em comprar um da mesma medida por ai. A terceira pergunta é com relação ao imposto, qual é o imposto do Hawaii, tenho costume de viajar bastante para os EUA, já fui para a Califórnia bastante vezes e sempre monto um planejamento financeiro mas preciso agregar o imposto que normalmente é único nos EUA em cada estado ou cidade. Gostaria de saber qual o imposto que se agrega sobre as compras ai no Hawaii.
    Lúcia, parabéns pelo seu Blog e pode apostar que você ganhou um grande fã.
    Bjs e no aguardo de seu retorno.

    • Olá Fernando, vamos às suas questões: 1. Sobre estacionamento, há pouquíssimos pontos de estacionamento na rua em Waikiki. E mesmo nestes pontos, você precisará pagar o parquímetro na maior parte deles. O estacionamento dos hotéis costuma ser mais caro mesmo, mas há outros estacionamentos, também pagos, que são mais em conta, dependendo da localização do seu hotel.
      2. Tem sim, praias com ondas menores. Waikiki mesmo costuma ter ondas pequenas em certas áreas mais protegidas. Perto do píer de Haleiwa (North Shore) também, é uma área ótima pra prática de SUP. Lanikai/Kailua são outros pontos interessantes em Oahu pra SUP.
      3. O imposto sobre a venda no Havaí é de 4.5%.
      Espero ter ajudado… Aloha! 🙂

      • Fernando Fonseca

        Olá Lucia, bom dia !!!

        Muito obrigado pela suas respostas. Eu estou fechando o Hotel ainda … e devo concluir o Hotel somente na semana que vem. Se você tiver alguma dica para me dar de Hotel será ótimo !!!

        Novamente, obrigado por responder.

        Um grande abraço,

        Aloha !!!!

        • Oi Fernando, hotel depende de quanto você quer pagar… porque tem opções para todos os bolsos e gostos. 🙂 Um hotel BBB é o Hyatt Place, ou o Ala Moana Hotel, ou ainda o Sand Villa Hotel, que é super-básico, mas tem escondido perto da piscina um dos melhores restaurantes italianos da ilha, o Il Buco (o menu deles é pequeno, mas bem-gostoso!). Todos os 3 hotéis não são na rua da praia. Aloha!

  • Pingback: O que fazer em Honolulu, a capital do Havaí | Quero Viajar Mais()

  • Camila Donda Matielo

    Que massa seu blog!! Moro na Australia e estou indo com minha familia em Julho/Agosto por 10 dias!! vou engolir seu blog desde ja pra fazer minha super lista pra nao perder NADA!! Tava super preocupada que todos falam q so tem fast food available mas tinha certeza q tb teria bons restaurantes, pq com toddler fica mais dificil…ja anotei tudo!!Obirgada por compartilhar e quem sabe te encontro por ai :))

  • Angélica Miéres

    oi lucia ,achei incrivel todas as suas dicas ! estou indo para oaho em março e gostaria de saber qual bairro tranquilo para morar perto de waikiki .