A baía de Kaneohe, no lado leste da ilha de Oahu, é no verão um grande berçário de milhares de tubarões-martelo (Sphyrna lewini).

Os tubarões-martelo vivem em alto-mar, e nos meses de julho e agosto, as fêmeas vão para Kaneohe para ter seus filhotes, como o da foto acima. Assim que nascem, os bebês-martelo medem alguns poucos centímetros, e preferem ficar próximo aos recifes de coral da baía. Interessantemente, não para comer muito: um estudo de 2004 mostra que eles comem menos de 1% do seu peso corpóreo enquanto estão por Kaneohe. Mas basta que cresçam um pouquinho para que seu instinto os levem para seu hábitat natural, o alto-mar. Eesta espécie é pelágica, tem sua biologia bem estudada quando comparados com outras espécies de tubarão, e sua atual situação populacional não é surpresa para ninguém: ameaçados de extinção.

Por isso, se você visita o Havaí nos meses de verão e por acaso vê um tubarão-martelo nadando pela baía de Kaneohe, sinta-se um felizardo. Eu me sinto, sempre que os vejo. 🙂

Tudo de bom sempre.

********************

P.S.: Abaixo, um vídeo de 2009 do badalado pesquisador Kim Holland, do Instituto de Biologia Marinha do Havaí, falando sobre essa população de tubarões-martelo da baía de Kaneohe.