4 de julho é o maior feriado “de fogos” dos EUA – mais que o Réveillon. É verão, e o clima saudável e descontraído de sol envolve a data. Em geral, as pessoas planejam com bastante antecedência o que farão no feriado, onde assistirão aos fogos, o que comerão, etc.

Mas nós não. Adoramos improvisar. Aí estávamos tranquilos em casa no fim de tarde e decidimos de sopetão ir para o Ala Moana Beach Park ver os fogos do 4 de julho de pertinho. Dado que no jornal do dia anterior se noticiou que famílias estavam acampadas na praia desde a madrugada do dia anterior para o evento, a perspectiva de acharmos um lugar decente para ver os fogos no meio daquela multidão não era das melhores. Mas fomos. Porque eu ADORO fogos de artifício, e esse é o dia para apreciá-los de verdade morando aqui.

Realmente, o engarrafamento foi razoável (mas não insuportável) e não conseguimos ficar pertinho da praia, onde a maioria das pessoas se aglomerava. Mas ficamos perto de uma lagoa que tem no Beach Park, em cima de uma menosprezada ponte-passagem exatamente em frente a Magic Island, de onde saem os fogos de artifício. À nossa frente, além do lago, um coqueiral.

Aí nas caixas de som começa a tocar a música de abertura de “Hawaii-5-0“. O espetáculo ia começar.

Pelas fotos, acho que o lugar de onde vimos os fogos até que não foi mal, vocês não acham?

André ainda arrumou tempo para ficar “experimentando” com a máquina…

…enquanto eu me deslumbrava com cada explosão de cor no céu e com cada reflexo colorido que surgia no laguinho. Viajei nas formas que “apareciam” na superfície da água.

Uma lindeza, não?

Tudo de festa sempre.

Fogos de 4 de julho