Lembra desse post, em que eu mostrei dois dos lados de uma mesma imagem – a minha visão e a visão que o André tem quando está por trás da lente? Pois eis que num fim de semana de novembro, quando ele estava no Japão, foi visitar o parque de Jigokudani Yaenkoen, no interior do país.

Habitam este parque os macacos-da-neve japoneses (Macaca fuscata fuscata), os primatas não-humanos mais adaptados ao frio do planeta – resistem a até -15ºC! André não sabia, mas, ao visitar este parque, abriu então uma verdadeira caixa de Pandora zoológica. Explico.

O parque possui um sistema de livecam dos macacos. Isso mesmo: durante o dia você pode observar o que os macacos estão fazendo ao redor de um “onsen“, típica piscininha natural de água termal japonesa. No inverno, a piscina é um refúgio aquecido excelente para os animais, que ficam se banhando no maior relax.

Dos Lados de Uma foto, Japanese Style

Macacada reunida via livecam do parque de Jigokudani.

Então virei voyeur de macaco. Porque aos meus olhos de bióloga é MUITO divertido observar o comportamento deles, ao vivo, fazendo mil e uma estrepolias ou simplesmente olhando pro nada (sim, sou malluca).

Desde que André me contou da existência dessa livecam que mantenho uma janela do navegador neste site, dando de vez em quando uma bisbilhotada. O fuso horário complica um pouco: estou a 19 horas de diferença do Japão, ou seja, 5 horas pra frente (?!?!?!?) no dia anterior (?!??!?!?!?!?!?!?!?!!?!)*. Mas mesmo com essa confusão, ainda dá pra ver boas cenas da macacada nipônica reunida. Como essa população de macacos se acostumou à presença humana, os visitantes se aproximam MUITO dos animais, uma oportunidade excelente para fotografia.

Foi isso que o André foi fazer lá – e eu acompanhei pela internet a ida dele ao parque. Me chamem de louca, mas achei um barato estar no meu computador no Havaí vendo-o ao vivo fotografando no campo no Japão. O resultado tá aí, esses “dois lados de uma foto” versão tecnológica-virtual – invencionice divertida de japonês, mesmo.

Fotos do lado B – o que eu vi pela rede:

E o lado A – uma das fotos que ele tirou no parque:

Lindos, não?

Mais um lado para os tantos lados de uma foto: o virtual.

Tudo de bom sempre.

**********************

*Viva o Travelmath

**E, claro, já deliro sonho que em, algum lugar do planeta, um dia alguém faça uma livecam de tubarões… 😀



Booking.com

  • Carla2

    Adorei!!!! E fiquei impressionada com a qualidade da foto que vc tirou pelo computador!

  • Izabela

    Amei!!Também adoro observar essas criaturinhas tão lindas, pensando, pensando! Pra mim parece que eles estão sempre filosofando ….. hahaha (bióloga maluca 2) ^^!