Placa educativa

Em Poços de Caldas (MG), as placas mostram embaixo do nome da rua, o que o homenageado fez da vida para merecer estar numa placa. No Rio também tem umas assim. Achei muito legal quando vi isso pela primeira vez.

Mas logo depois me veio um sentimento estranho. Acho que saber de onde vêm certos nomes me estressaria um pouco… Para certos casos, ignorance is a bliss.

Tudo de bom sempre.

  • João Carlos

    Eu me lembro de uma assim na “Praça Papai Noel”, na Ilha do Governador. Dizia “Personagem Tradicional”. Belo eufemismo, não?…
    E ia ser bem interessante saber por que existe uma “Rua do Riachuelo”, assim como uma “Praça 11 de junho” (a popular “Praça 11″).

  • Allan

    Apesar de uma lei proibir dar nomes de pessoas vivas a logradouros públicos, lembro da avenida Jânio Quadros, em Ilhabela, quando Jânio ainda era vivo. Morando em Salvador, conheci diversas praças, ruas e avenidas com o nome do então vivíssimo Antonio Carlos Magalhães.
    Sou contra esse tipo de homenagem. Dá a impressão que todo mundo vira santo depois da morte (ou, no caso dos políticos, beatificados ainda em vida). Prefiro nomes como “Rua do Céu” no bairro da Liberdade, em Salvador. Plantas (rua das Acácias), datas importantes (Avenida 9 de Julho), ou de costumes locais (Ladeira da Preguiça) (avenida Bonocô – http://pt.wikipedia.org/wiki/Gunuco) são mais interessantes e evitam conflitos políticos e politiqqueiros. Mas a atitude de Poços de Caldas e de outras cidades é interessante e informativa.
    Beijocas :)

  • Michel

    Poços de Caldas, terrinha boa! O mesmo não dá para falar dos políticos corruptos e megalomaníacos que aparecem quase sempre :) Curti muito teu blog e estou colocando também o link lá no meu! E estou acabando um post sobre o Havaí e vou deixar também o link para o post das 10 mais! Abraços e muita paz, Michel
    http://www.rodandopelomundo.com

  • http://luciamalla.com Lucia Malla

    João, põe eufemismo nisso! Hahahahaha!!! :D
    Allan, tb gosto mais de nomes “neutros” q de gente – principalmente políticos nada a ver… lembro que em Vila Velha (ES) as ruas do bairro onde morava todas tinham nomes de estados ou capitais do Brasil. Aí veio um bando de vereadores sem ter o que fazer e decidiram mudar o nome de TODAS as ruas (p/ homenagear sabe lá quem). Os moradores de algumas ruas se organizaram e entraram na justiça, permanecendo com o nome antigo já conhecido e ao qual a população inteira estava acostumada. Mas até hj, apesar dos nomes esdrúxulos que vieram, muitos moradores (eu inclusa) ainda usam os nomes de estado pra se referir aos endereços. No que se conclui q foi só uma palhaçada de vereadores, mesmo, porque o usos costumes fala mais forte…
    Michel, corruptos megalomaníacos não faltam pelo interior do Brasil…
    Vou dar uma olhada no seu post, pode deixar.
    Beijos aos 3.