Na semana que passou, recebi aqui em casa a visita de um super-amigo e sua irmã. Embora curta, a estadia foi marcante. Momentos deliciosos, cheios de sorrisos e surpresas, papos nostálgicos e tranquilos. No sábado, Robsan foi mergulhar com André no naufrágio YO-257, um petroleiro afundado propositalmente há poucos anos aqui perto de Waikiki – e foi presenteado com a presença de uma tartaruga verde, que descansava tranquilamente em cima do navio, com a cabeça encostada num coral. Encontro pra lá de amigável, para marcar uma viagem supimpa.

Tudo de sub sempre.