Pescado outro dia numa conversa aqui em Honolulu. Traduzo livremente porque não lembro por completo as palavras usadas. Mas vocês pegarão o “espírito” da coisa:

“A família de fulano [nota minha: 5 pessoas] tinha cada um seu próprio carro. Mas eles gostavam muito de seus carros, cuidavam com muito carinho, sempre limpos e encerados. Então ninguém queria sair com o cachorro de carro pra passear, porque o cachorro era grande e soltava pêlos, terminava sujando muito o carro e depois eles tinham uma trabalheira danada pra limpar. Mas adoravam o cachorro e queriam satisfazer as necessidades do animal. Então resolveram o problema comprando um carro só para passear com o cachorro.”

Olho arregalado foi o mínimo que consegui expressar no momento que ouvi a história.

Consumismo desenfreado é isso aí. (Ou pelo menos era, antes da crise.)

Tudo de ??? sempre.

*************

– Publicado também no Faça a sua parte.

– Off-topic: Feliz aniversário, tchia Fera! 🙂

  • Silvia D. Schiros

    Bom, terminei de ler o quadrinho cinza e, adivinha? Arregalei os olhos!
    Puxa, pensei que viria um final feliz, em que eles decidiam abrir mão dos carros e saíam caminhando por aí com o cachorro, alegres e saltitantes.
    Mas aqui o pessoal também tem dessas manias loucas de pegar o carro pra ir até a esquina. É duro, viu?

  • Chico

    Nem preciso ir muito longe. Conheço um casal com três carros. Dois para o uso individual durante a semana, e o terceiro para aproveitar as folgas.
    Aqui em casa já foi +/- assim… Felizmente FOI, no passado que já passou e não volta mais. 🙂

  • Guto

    Lúcia, me lembrei do Dusek (letra do Leo Jaime)
    Rock da Cachorra
    Troque seu cachorro
    Por uma criança pobre
    (Baptuba! Uap Baptuba!)
    Sem parente, sem carinho
    Sem rango, sem cobre
    (Baptuba! Uap Baptuba!)
    Deixe na história de sua vida
    Uma notícia nobre…
    Tem muita gente por aí
    Que tá querendo levar
    Uma vida de cão
    Eu conheço um garotinho
    Que queria ter nascido
    Pastor-alemão
    Esse é o rock despedida
    Prá minha cachorrinha
    Chamada “sua-mãe”…
    Seja mais humano
    Seja menos canino
    Dê guarita pro cachorro
    Mas também dê pro menino
    Se não um dia desse você
    Vai amanhecer latindo
    Uau! Uau! Uau!…

  • Claudia

    Paaaaaara o mundo q eu quero descer!!! Nao, nao, nao!! Desde qdo cachorro precisa passear de carro?
    No meu predio tem um senhorzinho q leva o cachorro pra passear num carrinho de nenem, ja acho um absurdo, imagina um carro SÓ pra passear com cachorro? Mas q m**** é essa?! Para td!!!

  • João Carlos

    Engraçado como logo tem gente que se revolta com o cachorro!… Será que se lembraram de perguntar a ele se queria um carro?…
    Se fosse a velha tia-avó, residente em um asilo e com incontinência urinária, menos gente ficaria revoltada… Mas o despautério ainda seria o mesmo!

  • Silvia, põe duro nisso! 🙁
    Chico, é mole?
    Guto, Dusek rules. o/
    Claudia, pois é, a premissa já começa toda errada.
    João, é q o cachorro parece ser mais racional, entende? 😉
    (Perante certos Homo sapiens pelo menos… 😀 )

  • Eliane

    Sinistro hein?! Comprar um carro só para o cachorro. Mas é assim mesmo! Por bem ou por mal esse consumismo já atingiu o Brasil também. Em SP, para furar o rodízio de veículos, o povo compra 2 carros só para não terem que andar a pé ou de ônibus.