Cai-me em mãos na semana passada a lista atualizada da IUCN, com uma especial relação dos tubarões ameaçados de extinção do planeta. A mídia se alarmou em ver mais 11 espécies de tubarões lá presentes, agora oficialmente declaradas “em risco de desaparecer”. Eu não me assusto mais com essa notícia, porque há anos sabemos que os tubarões são o grande grupo marinho mais ameaçado da atualidade. Mas é claro, o estudo tem seu mérito, já que ao se acessar os níves de várias espécies cartilaginosas ao mesmo tempo e colocar no IUCN, tudo soa mais “oficial”.

(A foto é ruim porque ele desapareceu na mesma velocidade com que apareceu a 20m de profundidade: vapt-vupt.)

Mas para exemplificar por que essas espécies de tubarões estão desaparecendo tão rápido, vejamos o tubarão-raposa (Alopias vulpinus, conhecido como thresher shark, em inglês), que agora entrou na lista.

Já tive a felicidade de vê-lo embaixo d’água no ano de 2004. E em 2005, escrevi sobre ele o seguinte:

“Vimos o tubarão thresher (ou thresher shark) em Malapascua, nas Filipinas, num mergulho às 6 da manhã, e ele passou beeeeeem longe da gente. É um tubarão de profundidade, cuja principal característica é essa enorme nadadeira caudal. Não existem dados sobre o tamanho de sua população no mundo – acredita-se que venha diminuindo pela pesca acidental.”

Mas da última vez que encontrei um membro dessa espécie, ele estava assim:

…num porto de Taiwan. Preparado para delivery. E sem as barbatanas, é claro.

Seus filhotes? Estavam expostos dessa forma, no mesmo dia, no mesmo porto taiuanês:

Fazendo parte do grupo de tubarões mais pescados do planeta e sofrendo a gigantesca pressão chinesa por barbatanas para a mal-fadada e infame sopa de barbatana de tubarão, é claro que a presença dele na lista de ameaçados de extinção não ia demorar a aparecer.

E na mesma semana em que descobrimos que barcos vêm pescando tubarões dentro do Parque de Galápagos (Patrimônio Natural da Humanidade, for darwin’s sake!), ou que a Austrália resolve mostrar em vídeo os tubarões ameaçados em seu litoral, a notícia da lista da IUCN só veio a acrescentar mais azedume e certeza na realidade de que teremos pela frente um mundo depletado dos tubarões. Triste.

Tudo de tubarão sempre. Ou enquanto houver.

****************

*Só a título de informação, a lista completa dos tubarões e raias recém-listados como ameaçados de extinção encontra-se aqui.

  • Andrea N.

    Ai Lucia, que tristeza, meu. Essas fotos sao tristes demais. Pobres bichos.

  • João Carlos

    Depois, quando um USS Indianápolis afunda e os tubarões vêm “fazer uma boquinha”, chamam isso de tragédia…

  • Lucia Malla

    Andréa, meu coração dói só de lembrar da cena… 🙁
    João, pois é…

  • Ulisses Adirt

    Vc se desculpou porque a primeira foto é ruim…? Sei que de outra forma, mas as outras duas são bem piores… a terceira é horrenda.

  • bianca marques conti

    mostrar todos os aconteciomentos

  • Juliana

    coitadinhos deles eles não tem culpa!!!

  • Caio César e Alana

    Eu quero eu quero

  • thaysa

    eles estao quase em extinção

  • nice

    Coisas horríveis acontecem, porque o HOMEN está perdendo noção dos limites. Lamentável!!!!
    nice